T H E M E

isa-negromomente:

Eu quero ir para um barzinho com meus amigos, é por isso que eu estou chamando você, seu babaca.- cruzou os braços e bufou irritada.- Certo, fique ai em paz.- se virou andando.

Olha só a agressividade Isa, comigo não tem essa não. - A olhou levantando uma sobrancelha e cruzando os braços também e então bufou a segurando pelo braço. - Certo, mas se aquele idiota do Joshua for saiba que eu vou sair no mesmo momento.

posted on Mar 8 VIA · SOURCE with 6 notes


isa-negromomente:

Então vamos ocupar sua cabeça com outra coisa, Erick. Eu sei lá, vamos chamar alguns amigos e ir a um barzinho ou algo assim, jogar conversa fora.- cruzou os braços.- Não estou com pressa, estamos aqui há duas horas.

Se você quer ir ao barzinho com seus amigos vai - Virou-se para ela. - Eu quero ficar em paz um pouco, lendo. - Deu um sorriso cínico. 

posted on Mar 8 VIA · SOURCE with 6 notes


isa-negromomente:

-Andando pela livraria atrás dele.- Erick, a gente ainda vai demorar muito?

Eu finalmente consegui entregar o maldito livro para editora, preciso ocupar minha cabeça com outras coisas Isa. - disse passando a mão pelas capas. - Por que tão apressada?

posted on Mar 8 VIA · SOURCE with 6 notes


- Andando pela livraria avaliando alguns livros. - 

posted on Mar 8 with 6 notes


isa-negromomente:

Viu a menina e riu olhando a cara do amigo. Pegou a menina no colo e sorriu.-  Porque você nunca conta histórias. Vem, vou te ensinar a por ela pra dormir.- riu.

Suspirou a seguindo. - Essa garota odeia minha voz, ela odeia quando eu sequer olho para ela, ela me odeia por completo. - Viu a pequena lhe mostrar a lingua e fez o mesmo.

posted on Feb 26 with 10 notes


isa-negromomente:

Saindo do plantão, resolveu passar em uma cafeteria para tomar um café antes de ir para casa. Pediu para a viagem e dirigiu até sua casa. Desceu do carro, fechando a porta do mesmo.

Até que enfim cara! - bufou assim que se dirigiu à ela sendo arrastado pela sobrinha da mesma. - Eu tentei fazê-la dormir. Não consegui, nunca consigo mesmo.

posted on Feb 26 with 10 notes


santamarina-rp:

Viu? Eu nem sei quem é Isa, mas, nós concordamos.- riu.- Por isso que eu não saiu assinando contratos que me arrependerei. Bem…na verdade, acho que é porque não tentaram me contratar ainda.

E você quer trabalhar como o que? - a olhou - Imagino que seu sonho não seja virar a melhor garçonete do mundo.

posted on Feb 23 VIA · SOURCE with 15 notes


santamarina-rp:

Então…Talvez sua solução seja trocar de editora. Qual é o problema com romances comuns se é o que você gosta de escrever? - ergueu a sobrancelha.- Digo…acho que as pessoas gostam de coisas comuns, de se identificar, não sei.

É isso! Exatamente isso que eu falo pra Isa, e ela retruca falando que eu também deveria trocar de editora. - riu sem humor. - Mas é difícil, eu assinei um contrato de fidelidade, que provavelmente vai durar mais um ano.

posted on Feb 23 VIA · SOURCE with 15 notes


santamarina-rp:

Olha, eu acho que tem uma coisa meio parecida com isso no Capitão America.- riu.- Okay, desculpa. Mas, sério…Por que resolveu escrever sobre isso? Por que você não escreve sobre algo que te deixe realmente confortável para escrever? Digo…Eu não sei, não escrevo livros, mas, acho que se você escrevesse sobre algo com que se familiariza …seria mais simples.

A olhou. - É bem isso, mais ou menos. É. Só que sem a parte da ficção. - cerrou os olhos. - Não tem como, a editora, pelo menos a minha só publica os livros que sabem que terão bastante impacto e não aqueles romances comuns e maçantes.

posted on Feb 23 VIA · SOURCE with 15 notes


santamarina-rp:

Não..que isso.- balançou a cabeça.- Mas e então? Sobre o que é seu livro?

Revirou os olhos rindo baixo. - Que seja. - a olhou. - Escrevo romances geralmente, mas esse é sobre a primeira guerra mundial. Dois homens que antes eram amigos e lutavam juntos na guerra agora foram separados porque um dos dois foi raptado pelo inimigo, então o outro tenta de tudo para recuperá-lo. - assentiu

posted on Feb 23 VIA · SOURCE with 15 notes